Uma semana com o tempo muito agradável, muito sol e muita boa disposição na realização das atividades propostas.

Nunca ninguém imaginara que um dia poderíamos trabalhar a partir de casa, mas situação surgiu, como é que vamos fazer? Vai resultar?  Teremos participação? Qual será o feedback? Pois, muitas foram as dúvidas, mas o certo é que os resultados estão aí…. A maioria dos pais esforçam-se todos os dias para colaborar connosco, enviando os trabalhos realizados pelos filhos, uns chegam pela manhã, outros durante a tarde e outros durante a noite e nós deste lado recebemos e avaliamos sempre com os braços abertos.

Dá trabalho? Muito. Mas de ambas as partes o que mais importa é que o desenvolvimento da criança não pare. E, é tão bom vermos a cara de satisfação quando estão a apresentar os seus trabalhos até os olhos sorriem, fazem-nos sorrir e ao mesmo tempo sentir saudades da presença física. E quando nos mandam um vídeo e ouvimos “Olá professora, beijinhos para ti….” Ficamos sem palavras.

Nem tudo é mau, de toda esta situação temos que valorizar o que é fundamental: “A CRIANÇA”.

Durante esta semana os trabalhos do grupo incidiram nas emoções, reconhecer diferentes sentimentos, compreender quais agradam mais e construção de um jogo para poderem brincar em família (dramatizando emoções).

Através de histórias e canções fomos reforçando o reconhecimento dos números, das quantidades, atividades com as cores e ainda brincamos com as palavras, desta vez a uma palavra chave tinham que acrescentar “inho/a” e perceber que este sufixo significa ser mais pequeno.

Uma das atividades também convidava ao movimento e foram vários os vídeos que fizeram, muito bom o resultado, parece fácil (para nós adulto) mas exige muita atenção e concentração da criança. Este é um ponto que devemos estimular e trabalhar bastante porque é fundamental para todo o desenvolvimento global.

Assim foi esta semana e como sempre, obrigada família pelo vosso empenho e os vossos filhos também ficam agradecidos.

“Todos juntos rumo à felicidade”

Pré-Escolar