No dia 4 de outubro celebramos o Dia Mundial do Animal.

A data foi escolhida em 1931, durante uma Convenção de Ecologistas em Florença. A escolha teve em conta o fato do dia 4 de outubro ser o dia de São Francisco de Assis, o Santo padroeiro dos Animais.

O Dia Mundial do Animal é celebrado em vários países.

Tendo em conta o tema do Projeto Educativo da Instituição: “Somos Verdes – Terra, a importância em preservar”, achamos que deveríamos abordar estes dias comemorativos junto das nossas crianças com a participação dos pais.

Foi proposto a todos os pais um desafio, cada um deveria construir um animal a 3D e se possível utilizar material reciclado. O animal era à escolha de cada um, podendo ser doméstico, selvagem, marítimo ou ave.

Dia após dia os animais foram sendo entregues nas respetivas salas.

A atividade foi um sucesso! A grande maioria dos pais participou e fizeram um trabalho espetacular. Surgiram animais de todos os tipos e todos feitios com os mais diversos materiais. Foram super criativos, desde já agradecemos a todos os participantes, um muito obrigada pela colaboração.

As respostas sociais do ATL e Centro de Dia também participaram da atividade.

As crianças observaram os animais e nas salas foi possível falar com elas acerca do tipo de animal, sobre as diferenças entre eles, o tipo de alimentação, os que já estão em perigo de extinção, e como se aproximava o dia do habitat (comemorado no dia 7 de outubro) falamos nos diferentes habitats dos animais presentes.

Foram criados na sala de entrada da Creche / Jardim de Infância alguns habitats, e todos os animais foram lá colocados. A exposição pode ser vista por todos os que frequentam a Instituição e por outras pessoas que tenham conhecimento e o queiram fazer.

Esta atividade permitiu sensibilizar toda a comunidade educativa envolvente, sensibilizando a população para a necessidade de proteger os animais e a preservação de todas as espécies; mostrar a importância dos animais na vida das pessoas. Ao falarmos dos habitats foi importante  chamar a atenção para a destruição que alguns deles sofrem diariamente e daí a sobrevivência de algumas espécies estarem em risco.

A atividade foi sobretudo de sensibilização, que sirva para preservarmos melhor a natureza para que o futuro seja melhor.

A mudança de pensamento deve começar no imediato e devemos convencer os que estão à nossa volta na preservação urgente da natureza, começando pelas crianças, pois são elas o futuro e este vai depender dos seus comportamentos.

ATLCentro de dia